Três benefícios da corrida para a saúde física

Três benefícios da corrida para a saúde física

Correr é libertador! É um momento em que deixamos as preocupações do cotidiano de lado e prestamos atenção no próprio corpo. Continue a leitura para descobrir os três benefícios da corrida para a saúde física!

Há benefícios da corrida que não são vistos no espelho ou na balança e, inclusive, são obtidos a longo prazo. Mas é importante que você saiba o quanto este hábito está contribuindo com a sua saúde.

Benefícios da corrida

Não há dúvidas de que a corrida exige muita dedicação e disciplina, mas esses esforços valem a pena com os benefícios da corrida para a saúde.

Primeiramente, segundo uma pesquisa publicada no periódico Frontiers in Physiology, correr é uma habilidade natural importante da espécie humana e tem contribuído para a sobrevivência e adaptações corporais. Desde da era da caça e coleta de alimentos, até atualmente com o esporte, a corrida é praticada para fins de saúde.

Um estudo publicado no jornal de Medicina Esportiva abre com a constatação de que a inatividade física é o principal fator de risco para a mortalidade de milhões de pessoas todos os anos. Desta forma, é um assunto de saúde pública global e que exige comprometimento ser mudado, de forma a promover o estilo de vida fisicamente ativo.

Assim, a corrida é um modo popular e acessível de se exercitar, por isso está alcançando muitas pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável. Nesse sentido, os pesquisadores descobriram que a corrida traz efeitos benéficos na composição corporal, gordura corporal, frequência cardíaca, triglicerídeos e colesterol em adultos fisicamente inativos.

Corrida x fator de risco para doenças

Já uma pesquisa publicada no British Journal of Sports Medicine descobriu que a corrida está associada a uma redução significativa do risco da mortalidade por doença cardiovascular e por câncer, se comparado com quem não corre.

Segundo o estudo, qualquer quantidade de corrida é melhor do que não correr. E, preferencialmente, a “dose” da corrida deve ser definida por um personal trainer, com base nas condições de saúde do aluno. Esse profissional saberá instruir corretamente a frequência (vezes na semana), duração (minutos por dia), ritmo (km/h) e volume total (minutos por semana).

Por fim, um artigo científico publicado no jornal de Medicina Esportiva ressaltou que cresce o número de pessoas diagnosticadas com hipertensão arterial, um fator de risco para doença cardiovascular ou acidente vascular cerebral.

Há várias maneiras de aliviar esse risco, sendo que a prática de exercícios físicos é financeiramente mais barata do que o uso de medicamentos. Por isso, os pesquisadores acreditam que a correr regularmente diminui a pressão arterial em repouso, mesmo em pessoas que já sofrem com hipertensão. Além disso, o mesmo estudo associou a corrida à melhora dos índices circulatórios e vasculares.

Saiba mais

Para mais informações, me siga no Instagram e no Facebook ou entre em contato comigo pelo WhatsApp para saber como posso te ajudar!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *